Cavaco entregou prémios Norte-Sul

A jornalista tunisina Souhayr Belhassen e o Presidente sérvio Boris Tadic receberam esta manhã no Parlamento das mãos do Chefe de Estado português este prémio do Conselho da Europa.

Cavaco Silva entregou esta manhã a Souhayr Belhassen e Boris Tadic o Prémio Norte-Sul do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, numa cerimónia que decorreu na Sala do Senado da Assembleia da República, presidida por Assunção Esteves.

A presidente do Parlamento sublinhou que os laureados foram distinguidos pelo seu "exercício de uma ação moral de comprometimento com o mundo, inscrita nas trajetórias de vida dos dois galardoados, exemplo virtuoso de entrega e partilha". E Assunção Esteves apontou um caminho: "A universalidade dos direitos leva-nos necessariamente à universalidade das fórmulas políticas."

Já Cavaco Silva sublinhou "o exemplo inspirador que constituem para todos" o percurso de Souhayr Belhassen e Boris Tadic, "que colocaram em marcha, pela sua ação, uma dinâmica de aprofundamento democrático e de reconhecimento das liberdades e dos direitos individuais dos seus concidadãos, com efeitos que transcendem as fronteiras dos seus países de origem".

Souhayr Belhassen é uma jornalista e escritora da Tunísia, que se tornou um dos rostos no seu país da chamada "Primavera árabe", premiada por "dar voz aos que não têm voz", tendo sido perseguida ao longo da sua vida.

Boris Tadic é o atual Presidente da Sérvia e, nessa função, tem promovido a "desbalcanização dos Balcãs", como refere a nota biográfica publicada pelo Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, empreendendo esforços de reconciliação no seu país e região, bem como defendendo a integração da Sérvia na União Europeia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG