Cavaco deu posse a sete novos secretários de Estado

O Presidente da República, Cavaco Silva, deu hoje posse, cerca das 17:00, a sete novos secretários de Estado do XIX Governo Constitucional, numa cerimónia no Palácio de Belém.

Com esta tomada de posse, o Governo PSD/CDS-PP passou a ter 38 secretários de Estado, em vez dos iniciais 36, incluindo uma subsecretária de Estado. O executivo chefiado por Pedro Passos Coelho, composto por 11 ministros, tem agora, no total, 49 membros, para além do primeiro-ministro.

Ana Rita Gomes Barosa tomou posse como secretária de Estado da Administração Local e da Reforma Administrativa, em substituição de Paulo Simões Júlio, António Pedro Roque da Visitação Oliveira tomou posse como secretário de Estado do Emprego, substituindo Pedro Miguel Silva Martins, e Franquelim Fernando Garcia Alves foi empossado secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, cargo que era ocupado por Carlos Nuno Oliveira.

O PCP tinha defendido hoje, no Parlamento, que Franquelim Alves não deveria tomar posse como secretário de Estado devido à sua passagem pelo grupo SLN/BPN.

Adolfo Miguel Baptista Mesquita Nunes tomou posse como secretário de Estado do Turismo, substituindo Cecília Meireles, Francisco Ramos Lopes Gomes da Silva tomou posse como secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, em substituição de Daniel Campelo, e Paulo Guilherme da Silva Lemos como secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território, em substituição de Pedro Afonso de Paulo.

Por último, Alexandre Nuno Vaz Baptista de Vieira e Brito tomou posse como secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, uma nova pasta criada nesta terceira remodelação de secretários de Estado feita pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que ainda não mudou nenhum dos ministros do XIX Governo.

Estiveram presentes nesta cerimónia de posse, que durou menos de dez minutos, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, a ministra da Agricultura, Mar, Agricultura e Ordenamento do Território, Assunção Cristas, o ministro da Saúde, Paulo Macedo, o ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, o ministro da Economia e Emprego, Álvaro Santos Pereira, o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Luís Marques Guedes.

Também marcaram presença nesta cerimónia de posse os seis secretários de Estado que deixaram o Executivo.

Seguiu-se uma sessão de cumprimentos aos novos membros do Governo.

No final, nenhum membro do Executivo falou à comunicação social.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, foi dos primeiros a abandonar o Palácio de Belém. Os jornalistas tentaram questioná-lo sobre a escolha de Franquelim Alves para secretário de Estado do Empreendedorismo, mas o chefe do Governo escusou-se a prestar quaisquer declarações.

Mais Notícias