Candidato de 18 anos faz hino de campanha em rap

Flávio Nunes tem 18 anos e é o candidato do Partido da Terra (MPT) à Câmara de Tomar. E como não tinha dinheiro para a campanha fez "um rap alternativo" como hino da sua candidatura.

Flávio é, a par de Fernando Teixeira, também de 18 anos e candidato à Câmara de Valpaços pela CDU, o mais jovem na corrida eleitoral que termina no próximo domingo.

"Somos uma lista de jovens e por isso muito do que fizermos vai passar pelas redes sociais", sendo que "o Facebook será o meio principal da campanha, até para conseguirmos chegar aos jovens" e garantir alguma interatividade, explicou Flávio à agência Lusa há cerca de um mês.

O jovem referiu na altura à Lusa que a lista à câmara é "na sua esmagadora maioria composta por jovens entre os 18 e os 23 anos", querendo responder ao 'feedback' dos tomarenses, que assinalam "a falta de ideias jovens e empreendedoras", mas também desmitificar alguma da perceção de que a candidatura é "uma espécie de brincadeira".

Uma campanha "de custo reduzido e que implique o mínimo de dinheiro envolvido" é uma vontade destacada por Flávio Nunes, aluno do 2.º ano de Comunicação Social da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes.

Os pais apoiam-no "incondicionalmente" e integram, de resto, a lista, sendo que a mãe surge como suplente e o pai é o mandatário da candidatura.

A disputa pela liderança da Câmara de Tomar envolve outros seis candidatos: Ivo Santos (CDS-PP), Rui Coutinho (BE), Bruno Graça (CDU), Carlos Carrão (PSD), Anabela Freitas (PS) e Pedro Marques (Independentes por Tomar).

Mais Notícias