BdP já decidiu contraordenações sobre caso BPN

O processo que corria no Banco de Portugal sobre o BPN está concluído e já foram decididas as contraordenações a aplicar aos 23 arguidos, anunciou hoje o governador, Carlos Costa, na comissão de inquérito ao BPN.

Questionado pelo deputado do PSD Duarte Pacheco sobre em que fase está o processo de averiguação e ação sancionatória levantado pelo Banco de Portugal no caso BPN, que corre desde 2008, Carlos Costa disse que este era um assunto complexo, pelo que demorou alguns anos, e anunciou que já foi concluído.

"Do nosso lado, o processo foi concluído, as contraordenações foram decididas", anunciou o Governador, adiantando que o processo corre agora os procedimentos habituais, com os arguidos a poderem recorrer da decisão do supervisor bancário.

Carlos Costa afirmou mesmo que, do que sabe, o processo do BdP "ficou concluído mesmo antes do que está em curso na Procuradoria-Geral da República".

O presidente da comissão de inquérito ao BPN, o socialista Vitalino Canas, pediu entretanto ao Banco de Portugal que desse conhecimento aos deputados sobre a evolução deste processo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG