Autarca 'depõe' flores no Forte de São Julião

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, colocou esta sexta-feira uma palma de flores na mesa onde vai ser assinado o contrato de subconcessão dos estaleiros para assinalar a morte da construção naval no País.

O episódio ocorreu minutos antes da cerimónia de assinatura do contrato no Forte de São Julião (Oeiras), presidida pelo ministro da Defesa, tendo as flores sido retiradas rapidamente.

"Vim a um velório", disse José Maria Costa, precisando que é o "velório da construção naval em Portugal".

José Maria Costa tem sido um dos maiores opositores ao encerramento dos estaleiros de Viana, decidido pelo Governo para evitar o pagamento de 181 milhões de ajudas estatais e após anos de prejuízos sucessivos, tanto nos resultados da empresa como na própria construção de cada navio.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG