Atuação do BdP levou à detenção de Oliveira e Costa

Em Agosto de 2008, o Banco de Portugal (BdP) entregou na Procuradoria Geral da República as denúncias ao caso BPN, o que levou à detenção do ex-presidente do BPN, Oliveira e Costa, afirmou hoje o ex-governador do BdP, Vítor Constâncio, que está a ser ouvido no Parlamento.

"O BdP entregou esse material, que foi reconhecido pelo Procurador Geral da República que tinha permitido acelerar o processo e levar à detenção do Dr. Oliveira e Costa", adiantou Vítor Constâncio, em resposta a uma das questões do deputado do Bloco de Esquerda, João Semedo, na comissão parlamentar de inquérito dedicada ao Banco Português de Negócios (BPN), que decorre esta tarde no Parlamento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG