Assembleia da República enviou a Costa lista de 50 pessoas a vacinar contra a covid-19

São 50 os funcionários e deputados a vacinar. AR acaba de enviar lista para António Costa. Inclui PS, PSD, PCP, PEV, CDS e Joacine Katar Moreira.

O presidente da Assembleia da República é o dirigente máximo deste órgão de soberania e o primeiro a ser vacinado contra a covid-19 na atualização da primeira fase de vacinação. A lista inclui mais 49 pessoas entre deputados e funcionários e que foi enviada na noite desta sexta-feira ao Primeiro-Ministro, como refere o despacho n.º 1090-D/2021, publicado na quarta-feira.

Os nomes que constam da lista são os indicados pelos partidos e todos o fizeram menos o PAN, a Iniciativa Liberal, o Chega e a deputada não inscrita Cristina Rodrigues. Segundo fonte da AR, caberá às respetivas forças políticas divulgar os nomes de quem será vacinado.

Ao que o DN apurou, os partidos que indicaram nomes fizeram-no de acordo com os cargos que têm no Parlamento.

Mas, segundo a RTP, o PCP indicou António Filipe, por ser o vice-presidente da AR, e Ana Mesquita, por ser a secretária da mesa de voto; o PEV escolheu José Luís Ferreira, o líder parlamentar; o CDS registou Telmo Correia, deputado da Comissão Permanente. Também Joacine Katar Moreira irá ser vacinada nesta fase de políticos prioritários, bem como elementos do PS e do PSD.

Concluída a lista de 50 pessoas, esta foi enviada ao primeiro-mInistro, António Costa, como define o despacho de prioridades.

Caberá depois, à task force do Plano Nacional de Vacinação, dirigida por Francisco Ramos, agendar a vacinação. "Tendo em conta a disponibilidade semanal de vacinas, a vacinação dos demais grupos integrados nesta fase, e tendo em conta a priorização definida nos termos dos números anteriores, determina o dia, a hora e o local de vacinação de cada uma destas pessoas".

Nesta fase, foram incluídos os ministros e secretários de Estado com funções específicas no combate à covid-19, órgãos de soberania, a Provedora de Justiça, os órgãos próprios das Regiões Autónomas, os presidentes de câmaras municipais, a Procuradora-Geral da República e os magistrados do Ministério Público e dos tribunais superiores, bem como os serviços destas entidades.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG