António Costa renuncia à Câmara de Lisboa

O secretário-geral do PS anunciou esta tarde na Assembleia Municipal de Lisboa que amanhã, terça-feira, irá renunciar ao cargo. (VEJA O VÍDEO DA INTERVENÇÃO)

Esperava-se que António Costa abandonasse a autarquia mais perto das eleições legislativas, mas o presidente da Câmara Municipal de Lisboa anunciou esta tarde na Assembleia Municipal que irá renunciar amanhã ao cargo de presidente da câmara de Lisboa, cargo que ocupava desde as autárquicas intercalares de 2007.

No final dos trabalhos da reunião da Assembleia Municipal de Lisboa, António Costa pediu para fazer uma intervenção anunciando que esta seria "a última reunião" na qual estaria presente.

"Amanhã [terça-feira], na reunião de Câmara, irei apresentar o pedido de renúncia ao mandato", afirmou.

António Costa marcou uma declaração à imprensa para as 12:00 de quarta-feira nos Paços do Concelho.

O vereador do PSD na Câmara de Lisboa António Prôa considerou que Costa "já se devia ter desvinculado das suas responsabilidades" na autarquia, por passar "mais tempo fora do que em Lisboa", devido à sua candidatura a primeiro-ministro. "Espero que Lisboa volte à normalidade e que o futuro presidente da Câmara de Lisboa dedique [ao concelho] o tempo que Lisboa merece, depois deste período em que a cidade ficou com um presidente a meio tempo", afirmou António Prôa, em declarações à agência Lusa.

Do mesmo modo, o vereador do CDS-PP na Câmara de Lisboa defendeu que "há mais vida para além de Costa" no município e que a cidade viverá bem sem o atual presidente da autarquia. "Nos últimos meses tem-se notado a ausência do senhor presidente devido às suas funções de secretário-geral do PS", pelo que "há mais vida para além de Costa e Lisboa viverá bem" depois da sua saída, afirmou João Gonçalves Pereira.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG