Sondagem. PS acentua distância do PSD e esquerda bate direita

A sondagem da Aximage de julho indica que os socialistas têm agora 37,5% das intenções de votos dos portugueses, mais 14 pontos que os social-democratas

O PS de António Costa voltou a reforçar a distância que o separa do PSD de Rui Rio. A última sondagem da Aximage, citada pelo Jornal de Negócios, revela que os socialistas têm agora mais 14 pontos de diferença em relação aos social-democratas

O PS tem 37,5% das intenções de voto dos portugueses, enquanto o PSD, apesar de ter subido um pouco face aos resultados de junho, não conseguem ultrapassar os 23,1% - ainda assim um nada acima dos 21,9% das eleições europeias, o pior resultado de sempre do partido.

Apesar de estar ainda longe de uma maioria absoluta sozinho, o PS juntamente com o PCP e com o BE - a designada Geringonça - consegue uma maioria de esquerda, com um total de 53,7% das intenções de voto, o que significa um reforço relativamente aos resultados de 2015, onde estes três partidos atingiram 50,8%.

À direita, PSD e CDS juntos não vão além dos 28,5%, sendo que o partido de Assunção Cristas é o que sai mais penalizado nesta sondagem, como uma diminuição de 1,5 pontos, caindo para os 4,9%, já muito perto dos 4% de eleitores que disseram pretender votar no PAN de André Silva (abaixo dos 5% das Europeias).

O BE de Catarina Martins mantém-se como a terceira maior força partidária, passando de 9% para 9,4% e o PCP de Jerónimo Sousa estabiliza nos 6,8%.

Nesta sondagem foram entrevistadas telefonicamente 601 pessoas (287 homens e 314 mulheres) em todo o país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG