OE2021 só será apresentado terça-feira

Governo apresenta proposta de lei amanhã às 9h00 com conferência de imprensa no ministério das Finanças

A proposta de lei do Orçamento do Estado para 2021 será entregue ainda esta segunda-feira no Parlamento mas só será apresentada pelo ministro das Finanças amanhã, terça-feira.

Em nota à imprensa, o ministério das Finanças convocou os jornalistas para uma conferência de imprensa às 9h00 no salão nobre do ministério das Finanças.

Na conferência estão o ministro e a sua equipa de secretários de Estado: António Mendonça Mendes (Assuntos Fiscais), Cláudia Joaquim (Orçamento), João Nuno Mendes (Finanças) e Miguel Cruz (Tesouro).

Depois de o Ministério das Finanças ter avançado esta informação, os partidos marcaram as reações, no parlamento, após a conferência de imprensa.

O PS reagirá pelas 12:15, através do deputado e 'vice' da bancada, João Paulo Correia, enquanto o PSD não marcou uma hora concreta, sendo certo que a reação será sempre depois de terminada a conferência de imprensa nas Finanças.

Também o BE não apontou uma hora definida para a reação à proposta orçamental, que será feita pela dirigente e deputada Mariana Mortágua.

Já o PCP marcou para as 12:00 uma reação do líder parlamentar João Oliveira, enquanto pelo CDS-PP falará no parlamento logo às 11:00 a deputada Cecília Meireles. À tarde, o líder dos democratas-cristãos, Francisco Rodrigues dos Santos, fará igualmente uma conferência de imprensa na sede do partido sobre o Orçamento do Estado.

O PAN ainda deverá emitir hoje um comunicado sobre o tema, mas também comentará o documento na Assembleia da República na terça-feira, tal como "Os Verdes", com reação marcada para as 11:45, pelo líder parlamentar José Luís Ferreira.

O Chega não adiantou ainda quando reagirá à proposta de Orçamento do Estado para 2021, enquanto o deputado único e presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, remeteu igualmente uma declaração pública sobre o documento para terça-feira de manhã.

Com Lusa

Mais Notícias