Rui Moreira recebe Pedro Marques e sai antes de o socialista falar

Campanha socialista esteve esta manhã na câmara do Porto

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, recebeu hoje o cabeça de lista europeu do PS, Pedro Marques, durante 20 minutos, prestou breves declarações e saiu logo que o ex-ministro socialista começou a falar.

Esta reunião com o autarca independente da segunda cidade do país foi hoje o primeiro ponto do programa de campanha de Pedro Marques - encontro que salientou ter sido de "caráter institucional" e em que esteve acompanhado pelo líder da concelhia portuense do seu partido, Renato Sampaio, e pelo nono da sua lista, Manuel Pizarro, também vereador da oposição na Câmara do Porto.

No final da breve reunião, Rui Moreira destacou que teve uma conversa com a delegação socialista sobre vários temas, entre os quais os da habitação e dos transportes públicos "como prioridade para as cidades, para a descarbonização e para o conforto dos cidadãos".

Deixou também uma nota dirigida ao vereador da sua oposição, caso seja eleito para o Parlamento Europeu: "Desejei boa sorte aos candidatos e também assegurei ao dr. Manuel Pizzaro, que, caso ele venha a ser eleito para o Parlamento Europeu, as reuniões de Câmara passarão a ser às segundas-feiras" para que, como meu adversário, possa continuar a exercer" estas funções autárquicas.

"Naturalmente, faz-nos falta uma oposição consciente e construtiva", declarou Rui Moreira ainda sobre Manuel Pizarro.

Rui Moreira frisou depois que falará com todos os candidatos ao Parlamento Europeu que desejarem ser recebidos na autarca portuense, adiantou que o Aliança de Pedro Santana Lopes já lá esteve e, no caso específico de Pedro Marques, enquanto ministro das Infraestruturas, salientou que trocou muitas vezes opiniões sobre muitos assuntos e com ele foram resolvidas muitas matérias em conjunto".

"Com Manuel Pizarro, além da nossa amizade pessoal, tenho com ele uma relação muito intensa", disse, saindo logo a seguir da porta principal dos Paços do Concelho, não esperando por ouvir as declarações que se seguiram de Pedro Marques, apesar de o "número um" do PS ter começado por salientar "o caráter institucional" do encontro e ter agradecido a reunião.

"Foi um encontro institucional, de respeito pela instituição Câmara Municipal do Porto e pelo seu presidente, partilhámos pontos de vista muito críticos do ponto de vista da política europeia para as cidades, em particular o futuro da habitação e a mobilidade urbana com medida [do Governo] de redução do custo dos passes sociais", sintetizou o cabeça de lista europeu do PS.

No período de perguntas dos jornalistas, Pedro Marques foi confrontado com uma questão algo inesperada proveniente de uma repórter do Porto Canal, que o questionou sobre a sua posição em relação ao alegado "hacker" Rui Pinto, que é suspeito de ter roubado emails ao Benfica.

"Esse não é um tema de eleições europeias. Não faço nenhum comentário sobre essa matéria", reagiu o ex-ministro socialista.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG