Assessor de Joacine: "As escolhas sobre o que visto são minhas e estão dentro da lei"

Rafael Esteves Martins, assessor parlamentar do Livre, gerou polémica nas redes sociais por vestir saia no dia em que a nova composição da Assembleia da República tomou posse

"Não tenho que fazer comentários sobre as minhas escolhas. As escolhas sobre o que visto são minhas e eu não respondo pelas minhas escolhas que estão dentro da lei." As palavras são de Rafael Esteves Martins, assessor parlamentar do Livre, que esta sexta-feira gerou polémica nas redes sociais por vestir saia na cerimónia de abertura da XIV legislatura.

"Sou assessor de uma deputada [Joacine Katar Moreira] e é sobre isso que tenho que falar", afirmou quando questionado pelo DN se queria responder às críticas de que está a ser alvo nas redes sociais.

Investigador bolseiro, com formação em estudos artísticos (licenciatura) e comparatistas (mestrado), Rafael desde cedo despertou para a política: foi dirigente associativo da Escola Secundária Padre Alberto Neto e presidente de três comissões eleitorais da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; corredator pelo Manifesto por um Futuro Europeu; sócio fundador da Estufa - Plataforma Cultural (Torres Vedras).

Foi militante da Juventude Comunista Portuguesa (JCP) antes de ser fundador do Livre, o partido liderado por Rui Tavares e pela primeira vez elegeu um deputado à Assembleia da República, a afrodescendente Joacine Katar Moreira. Era até hoje Leitor de Português na Universidade de Oxford, onde está a terminar o doutoramento. E é também especialista em Literatura Luso-Brasileira dos séculos XVI a XVIII.

Rafael Esteves Martins nasceu em Lisboa há 31 anos e, segundo a página do Livre, tem como interesses a literatura-mundo, estudos camonianos e aprendizagem do sânscrito.

Na sua página do Facebook, Rafael comentou desta forma a eleição de Joacine: "Jamais esquecerei o dia em que entrei na Assembleia da República com a primeira mulher negra encabeçando uma lista de um 'partideco' - como gostamos de dizer - que ajudei a fundar. A minha agência política sempre foi um dos traços fortes da minha personalidade, mas não estava preparado para um dia tão grande assim. Não me lembro da última vez que chorei copiosamente como o fiz na noite em que a imensa Joacine Katar Moreira foi eleita e ainda não acredito que isto tudo está a acontecer. Mas há uma coisa que eu tenho certa: viemos para ficar".

O Livre partilhou na sua página de Facebook fotos da entrada de Joacine e de Rafael esta quinta-feira na Assembleia da República considerando que se trata de "um dia histórico". "Começa uma nova etapa com a tomada de posse da primeira deputada do LIVRE na Assembleia da República, Joacine Katar Moreira. Nos próximos quatro anos, tudo faremos para que a nossa visão de justiça social e justiça ambiental seja concretizada para todos os portugueses."

Também Joacine afirmou aos jornalistas que se está "a inaugurar uma nova era e é, especialmente, uma era em que estes ambientes que há uns anos olhávamos enquanto ambientes completamente orientados para a mesma elite política, económica, financeira e por aí a fora, é hoje em dia, um ambiente que se abre e que é, simultaneamente, a evolução do ambiente institucional português e um sinal de maturidade política".

Mais Notícias