William e Kate escutados 190 vezes por jornal

Um antigo editor do jornal britânico "News of The World" admitiu ter escutado as mensagens de voz trocadas entre os duques de Cambridge num total de quase 200 vezes.

Clive Goodman confessou hoje pela primeira vez, em tribunal, que teve acesso às mensagens do príncipe William por 35 vezes e às de Kate Middleton 155.

O antigo editor do extinto "News of The World" foi detido em 2007 for suspeitas de aceder ilegalmente aos telefones do príncipe William e de Kate Middleton.

Durante a sessão do julgamento, a decorrer no tribunal de Old Bailey, em Londres, Clive Goodman foi acusado pelo advogado de um outro antigo editor do jornal de ter acedido mais vezes aos telemóveis do que aquelas que referira, juntamente com o detetive Glenn Mulcaire, nomeadamente em 2005 e 2006.

Timothy Langdale referiu que Kate Middleton, que se veio a casar com o segundo na linha de sucessão ao trono britânico, terá sido escutada pela primeira vez a 21 de outubro de 2005. O príncipe William terá sido escutado pela primeira vez em janeiro de 2006.

Também o príncipe Harry viu o seu telemóvel escutado, em 2006, por nove vezes.

Clive Goodman foi confrontado com os registos do seu próprio telemóvel, mas escudou-se sempre na mesma desculpa para justificar nunca ter referido estas escutas: "Nunca me perguntaram sobre isto". O antigo editor afirmou ainda que tem colaborado e contado tudo aquilo de que se lembra.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG