Venus Williams envolvida em acidente que matou um homem

De acordo com um relatório da polícia de Palm Beach, na Flórida, EUA, a tenista Venus Williams é culpada por um acidente de viação ocorrido no passado dia 9 de julho, que terminou com a morte de um homem de 78 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ.

Linda Barson, a condutora do outro carro, disse às autoridades que seguia em direção a oeste e que abrandou ao chegar a um cruzamento com semáforos, tendo avançado com o verde. Nesse momento não foi capaz de evitar a colisão com o carro de Venus Williams, que apareceu pela esquerda. Jerome Barson, que viajava ao lado da mulher, foi transportado para o hospital com um traumatismo craniano, tendo acabado por morrer duas semanas mais tarde.

Venus Williams, segundo o relatório do acidente, disse à polícia que ficou retida na interseção devido ao trânsito e que não viu o carro dos Barson. Ainda segundo o mesmo documento, a tenista circulava apenas a 5 milhas por horas, o que equivale a oito quilómetros por hora.

"A senhora Williams entrou no cruzamento com o semáforo verde e o relatório da polícia estima que seguia a 5 milhas por horas quando a senhora Barson chocou contra o seu carro. As autoridades não falam em qualquer violação das regras de trânsito por parte da senhora Williams. Trata-se de um acidente infeliz e Venus envia à família da vítima as suas sentidas condolências", explica Malcolm Cunningham, o advogado da ex-número um mundial.

O relatório das autoridades conclui que a tenista norte-americana é culpada pela colisão por não ter respeitado a prioridade dos Barson, que apareciam pela direita. Fico no entanto por esclarecer, para já, a questão dos semáforos e se ambos os veículos avançaram de facto com a luz verde.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG