Tom Cruise não vê a filha há dois anos, diz revista

A revista "National Enquirer" noticia que a Igreja da Cientologia é a causa da separação

"É patético que, apesar da sua riqueza e da sua fama, Tom Cruise seja um pai ausente. Ele não parece interessado em fazer parte do dia-a-dia da Suri", disse uma fonte próxima do ator norte-americano à National Enquirer, que noticia que o intérprete de Missão Impossível não vê a filha, de nove anos, há mais de 800 dias.

"A Katie [Holmes, sua ex-mulher] faz o melhor que sabe para a criar, mas não pode substituir o pai. O Tom e a Suri não são vistos juntos há dois anos - isso é um quinto da vida dela", prossegue a mesma fonte.

De acordo com a publicação, o ator, de 53 anos, terá sido aconselhado a afastar-se da filha pela Igreja da Cientologia. Isto porque, segundo esta crença, Suri tornou-se "dispensável" a partir do momento em que Katie Holmes, de 36, se separou de Cruise, em 2012. "É provável que Tom não queira ver Suri por pensar que a Katie e a família dela tenham dito coisas negativas sobre ele e a Cientologia", explicou Marc Headley, um dos elementos da religião.

Esta não é a primeira vez que Tom Cruise é acusado de não ser um bom pai. Já em abril passado, e na sequência de uma notícia publicada no site TMZ que afirmava que Tom Cruise não via a filha desde o início de 2014, o ator adiantou que a sua ausência se devia à sua agenda sempre cheia, o que o obriga a estar muitas vezes afastado da cidade de Nova Iorque, onde Holmes e Suri vivem.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG