Terceiro filho de William e Kate pode mudar a monarquia

A lei da sucessão ao trono mudou em 2013 e o terceiro filho do casal real, caso seja um menino, pode fazer história no Reino Unido

A dias de ser mãe pela terceira vez, Kate Middleton pode vir a fazer história na monarquia inglesa. Isto se a mulher do Príncipe William der à luz um menino. Recorde-se que o sexo da criança ainda não foi anunciado.

Porquê?

Até 2013, os meninos tinham primazia sobre as meninas na linha de sucessão ao trono. O que significava que se o primeiro filho de um casal real - como William e Kate - fosse uma menina, esta perderia o direito a ser rainha para o irmão mais novo, caso este fosse varão.

Aliás, as filhas só poderiam herdar a coroa se não tivessem outros irmãos. Em 2013 tudo mudou.

A nova lei de Sucessão à Coroa encerrou o sistema onde os príncipes têm precedência sobre a irmã mais velha - que estava em vigor desde o Ato de Liquidação de 1701, como escreve a revista americana Time.

A nova lei estipula que os homens nascidos depois de 28 de outubro de 2011 não tenham precedência sobre as irmãs mais velhas na linha de sucessão.

Assim, se Kate der à luz um menino, pela primeira vez na história britânica um herdeiro "varão" ficará atrás de uma sucessora do sexo feminino -- no caso, Charlotte -- na linha de sucessão ao trono. Esta tem agora esta composição: o príncipe Carlos irá suceder à mãe, a rainha Isabel II; depois deste, poderá ganhar a coroa o duque de Cambridge William, a quem se segue os filhos deste, o príncipe George, quatro anos, a princesa Charlotte, dois, e o novo bebé ainda não nascido.

A linha da discussão do nome na casa de apostas britânicas

É esperado que Kate Middleton tenha o bebé no final de abril. O hospital onde o parto vai acontecer é o St Mary's Hospital, em Paddington, Londres. A futura mamã regressa à maternidade e à equipa médica que viu nascer George e Charlotte.

Se estas informações já parecem estar certas, falta só confirmar o sexo e o graça do terceiro filho do casal. Neste departamento, apostas estão a ser feitas em Inglaterra.

Nas casas da especialidade vão à frente nomes como Mary, Alice, Alexandra e Victoria para menina, e Arthur, Albert, Henry e Phillip para menino.

Atente-se no facto de os britânicos estarem a apostar em nomes tradicionais que tenham fortes conexões reais. O nome completo do príncipe George é George Alexander Louis, enquanto o de Charlotte é Charlotte Elizabeth Diana, em homenagem a princesa Diana.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG