Príncipe Harry lamenta não ter falado sobre a morte da mãe

Diana morreu em 1997, quando Harry tinha apenas 12 anos

O príncipe Harry revelou que lamenta não ter falado mais cedo sobre a morte da mãe, a princesa Diana, e de como esta o afetou. Diana morreu em 1997, num acidente de carro, quando Harry tinha apenas 12 anos, mas só há três anos este falou sobre isso. "Nos primeiros 28 anos da minha vida, nunca falei sobre isso."

Aos 31 anos, num evento de uma instituição de solidariedade da área da saúde mental, Harry aproveitou a oportunidade para sublinhar que sofrer "não é uma fraqueza"- "uma fraqueza é ter um problema e não o reconhecer e não resolver esse problema", concluiu, citado pela BBC.

O príncipe disse ainda que o evento é uma forma de mostrar que toda a gente pode sofrer de problemas de saúde mental, até a família real e os desportistas de sucesso presentes no evento. E, em conversa com o antigo futebolista Rio Ferdinand, revelou que lamentava não ter falado sobre isso.

Ferdinand, que perdeu a mulher no ano passado, falou com o príncipe sobre a morte e sobre como lidar com perder um dos pais. " Ele passou por diferentes fases na vida dele que os meus filhos também vão atravessar", lembrou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG