Polícia relaciona morte do filho de Stallone com droga

As autoridades que investigaram a morte de Sage Stallone estudam um cenário possível no qual o filho do ator Sylvester Stallone poderá ter traficado hidrocodona, um medicamento calmante, segundo o tablóide americano TMZ.

Esta ideia surgiu após a casa de Sage Stallone ter sido revistada. Foram encontradas 60 embalagens vazias, que teriam tido prescrição médica, com capacidade para 500 comprimidos dessa substância. As autoridades estão a investigar o caso e acreditam que Sage poderá ter acumulado 30 mil comprimidos e poderá tê-los feito sair do país por barco.

Em casa do também ator, de 36 anos, não foi encontrada droga. Nem os juízes nem os polícias acreditam que Sage fosse viciado, por causa, dizem, na sua aparência física. O ator media 1,76m e pesava 84kg, que numa escala normal, alegam, o exclui dessa hipótese.

Na sala de Sage Stallone foi encon trado pó branco, mas permanece ainda por apurar se é hidrocodona esmagada. Paralelamente à investigação oficial, Sylvester Stalone cotratou o famoso detetive particular Scott Ross, que também investigou a morte de Michael Jackson, para determinar a causa de morte do seu filho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG