Polícia investiga possível corrida como causa da morte

Nenhuma hipótese está descartada na investigação às causas do acidente que vitimou o ator Paul Walker, protagonista de "Velocidade Furiosa", este sábado.

De acordo com o site TMZ - o mesmo que avançou em primeira mão a morte do ator - a polícia está a investigar a possibilidade de uma corrida entre dois carros ter estado na origem do acidente, em Santa Clarita, Los Angeles.

Fontes policiais terão afirmado ao site que receberam dicas de que Paul Walker, 40 anos, e o condutor do Prsche Carrera GT vermelho, o amigo Roger Rodas, estavam numa corrida com um outro carro e que o excesso de velocidade contribuiu para o despiste (seguido de incêndio) que os vitimou. A polícia procura agora vídeos ou testemunhos que possam provar que outro carro esteve envolvido.

Segundo essas fontes, a estrada onde ocorreu o acidente - e onde já existe uma espécie de memorial dedicado ao ator, com flores e mensagens póstumas - é conhecida por ser palco de várias corridas de automóveis.

Simultaneamente, o mesmo site avança que o Porsche Carrera poderá ter tido uma avaria mecânica. Desta vez, o TMZ cita amigos de Paul Walker, mais precisamente pessoas ligadas à Always Evolving, loja detida pelo ator e por Roger Rodas. Dizem eles que encontraram vestígios de uma fuga de líquidos antes das marcas de derrapagem, as quais só aparecem mesmo em cima do local do impacto. Consideram que, se o condutor tivesse perdido o controlo do carro, as marcas seriam ziguezagueantes e não em linha reta, como parece ter acontecido.

O acidente deu-se no sábado, depois de um evento de caridade para a fundação Reach Out Worldwide que tentava angariar fundos para ajudar as vítimas do furacão Haiyan nas Filipinas. Tanto Paul Walker como o condutor morreram no local. Os seus corpos não são reconhecíveis visualmente e aguardam-se os registos dentários para se fazerem as autópsias.

Após a morte do ator, um produtor da saga "Velocidade Furiosa" afirmou que para já é tempo de fazer luto e que depois se pensará na produção do sétimo filme, que já estava em andamento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG