Olivia Newton-John obrigada a cancelar digressão devido a cancro

Cantora e atriz já tinha vencido o cancro da mama em 1992

A atriz e cantora Olivia Newton-John anunciou que está novamente com cancro da mama e, por isso, foi obrigada a cancelar a digressão pelo Canadá e EUA. Newton-John, que tem 68 anos, tinha sido tratada uma primeira vez para a doença em 1992, quando tinha 43 anos. Na altura, foi submetida a uma mastectomia parcial, quimioterapia e reconstrução mamária.

"Olivia Newton-John está relutantemente a adiar as datas dos concertos de junho que faziam parte da digressão pelos EUA e Canadá. A dor de costas que, inicialmente, a obrigara a adiar a primeira metade da digressão é afinal cancro da mama que metastizou para o osso sacro. Além de terapias naturais de bem-estar, Olivia vai fazer um curto tratamento com radiação e está confiante que estará de volta ainda este ano, melhor do que nunca, para celebrar os seus espetáculos", informou uma nota publicada na terça-feira no Facebook da atriz de Grease - Brilhantina.

Olivia Newton-John, que tem sido uma voz ativa nas campanhas contra o cancro da mama, escreveu um livro sobre alimentação saudável e fundou em 2008 o Olivia Newton-John Cancer and Wellness Centre em Melbourne, Austrália, uma unidade hospitalar dedicada ao tratamento de doentes com cancro e investigação da doença.

Newton-John tem estado em digressão a mostrar o álbum LIV ON, que compila temas sobre os traumas pessoais da vida da cantora e atriz, inclusivamente a batalha contra o cancro que travou em 1992 e a perda da irmã, Rona, que em 2013 morreu devido a um tumor cerebral.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG