"Odeio quem está na praia aos gritos ao telefone"

Francisco José Rodrigues da Costa (Costinha), ex-médio-defensivo e internacional português em 53 ocasiões, Costinha passou diretamente da II Divisão (Nacional da Madeira) para o Mónaco, na Liga francesa. Após quatro anos, regressou a Portugal para jogar no FC Porto, onde viveu a melhor fase da sua carreira, conquistando uma Liga dos Campeões, uma Liga Europa e uma Taça Intercontinental, além de vários troféus nacionais. Seguiram-se passagens pelo Dínamo de Moscovo, Atlético de Madrid e Atalanta, antes de pendurar as chuteiras e abraçar o posto de diretor desportivo do Sporting. Após esta experiência como dirigente, cargo que também exerceu no Servette (Suíça), Costinha passou a desempenhar funções de treinador, tendo trabalhado, para já, no Beira-Mar e no Paços de Ferreira.

O que é que te irrita nos inquéritos de verão, e saltamos já essa parte?

Não me irrita quase nada.

O que é que nunca te perguntaram num inquérito de verão, e começamos por aí?

Nunca me perguntaram tanta coisa. Se eu sou feliz, por exemplo.

E és feliz?

Muito feliz.

No livro de Italo Calvino, o Sr. Palomar olhava um seio nu na praia com imparcial objetividade. E tu, de zero a dez, qual é o teu descaramento?

Zero a dez? Dez! Eu gosto muito de observar.

Toda a gente pergunta que livro levarias para as férias, eu pergunto que livro escreverias nas férias?

Gostava de escrever um livro sobre como usar um fato de banho.

Com tantas más notícias sobre aviões, quero saber: ficas cá ou és corajoso?

Sou corajoso. O avião ainda continuar a ser o meio de transporte mais seguro do mundo.

Um papparazo fotografa-te nu numa praia. Preferes aparecer na capa de frente ou de costas?

Neste momento prefiro aparecer de costas porque estou gordo.

Passa uma mulher bonita na praia, olhas descaradamente ou vais buscar os óculos de sol para poder ver sem virar o pescoço?

Se é bonito, é para fazer o quê? Vou olhar para o lado?

Vais a uma praia mas está cheia de concorrentes da Casa dos Segredos. Mudas de praia ou ficas para ver se estão domesticados?

Fico para aproveitar, para ver se aprendo alguma coisa.

De zero a dez, quanto é que encolhes a barriga na praia?

De zero a dez? Neste momento, sete.

Bola-de-berlim: com creme e que se lixe a ASAE ou com creme e que se lixe a linha?

Com creme e que se lixe a linha.

A família do chapéu ao lado do teu não se cala com as histórias da novela da noite. Ficas a ouvir ou ficas a ouvir só as histórias da tua família?

Se não tiver visto o episódio do dia anterior, fico a ouvir, para não perder nada... dessa novela.

Atendes o telefone na praia e toda a gente fica a saber da tua vida ou consegues falar num tom normal?

Jamais! Odeio quem está na praia ou em qualquer sítio aos gritos ao telefone, como se toda a gente tivesse de ouvir. Detesto!

Costumas levar revistas cor-de-rosa para a praia ou escolhes outra cor?

Para a praia não levo nada. Mesmo o telefone, muitas vezes está desligado. Praia é mesmo para descansar.

Vamos a contas: de zero a BES, quanto costumas exagerar nos gastos das férias?

BCP, portanto, não sei... Tenho de pensar. É pouquinho.

Tu vais à bola na praia?

Se vou à bola na praia? Claro!

Aparecem uns miúdos e desafiam-te, mas ganham-te.

Ganham o caraças! Não ganham nada! Eu faço as regras para ganhar.

Mas desafiam-te muito?

Sim, por acaso é uma coisa engraçada. E eu jogo sempre. Mas não os deixo ganhar, senão depois gozam comigo!

Nas férias preferias confiar as tuas poupanças a um bancário ou a um banqueiro?

É uma boa pergunta... Conforme isto está, não sei.

O teu dinheiro está melhor offshore ou onshore?

Isto não é uma entrevista para o fisco, pois não? Onshore! Onshore!

És barrado à porta da discoteca. Chamas o gerente ou soltas o clássico "você sabe quem eu sou?"

Se for barrado à porta da discoteca, vou-me embora! Se entrar, entro, se não entrar, vou-me embora!

És dos que querem estacionar o carro dentro da praia ou aceitas bem o facto de teres chegado tarde e teres de estacionar lá atrás como os outros.

Aceito bem ter de estacionar lá atrás como os outros.

Mais Notícias