Stallone pagou milhões para evitar processo da irmã

O ator fez um acordo, em 1987, com Toni-Ann Filiti para evitar uma ida a tribunal e pagou há data dois milhões de dólares, mais 16.666 dólares por mês e 50 mil, por ano, em despesas médicas até à morte de Filiti em 2012.

Segundo avança o jornal New York Post, que cita a mãe do ator, Jackie Stallone, o herói das sagas Rambo e Rocky foi vítima de uma "chantagem" por parte de Toni-Ann, que morreu em agosto do ano passado devido a um cancro, que acusava o ator de violência física praticada ao longo de vários anos.

O mesmo jornal diz que Stallone sempre negou as agressões, mas aceitou o acordo para evitar um processo e um possível julgamento.

Jackie Stallone disse que Toni-Ann, que não é filha do mesmo pai de Stalonne e que era "viciada" em analgésicos. Por outro lado, Edd, filho de Toni-Ann, lamentou o fato da mãe estar a ser transformada na "ovelha negra" da família.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG