Russell Crowe foi ao Vaticano mas não esteve com Papa

O ator viajou até ao Vaticano com a equipa do seu mais recente filme, Noé, e tentou encontrar-se com o Papa Francisco, mas tal não foi possível. Ainda assim, assistiu a uma missa do Sumo Pontífice.

"Que privilégio, assistir à missa com o Sagrado Padre no dia do Pai", escreveu Russell Crowe na sua página na rede social Twitter esta quarta-feira.

O ator, protagonista do filme Noé, está em Itália com a equipa de produção, e chegou a tentar encontrar-se com o Papa Francisco, mas tal não foi possível.

Segundo a imprensa internacional, o Sumo Pontífice terá aceite encontrar-se com Crowe e com o realizador do filme, Darren Aronofsky, acompanhados pelo vice presidente da Paramount, Rob Moore, na condição de que o encontro não fosse divulgado antes de acontecer. Esta exigência prendia-se com o facto de os representantes do Vaticano temerem que a presença do ator e do realizador atraísse um "espetáculo" ao local, com a presença dos meios de comunicação social e fãs.

Contudo, na segunda-feira, a revista Variety, através do seu site, escreveu que o encontro fora suspenso.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG