Reencontro com Brad e Angelina leva Aniston ao terapeuta

A atriz prevê encontrar-se com o ex-marido e a atual namorada no casamento de George Clooney. O receio desse momento levou-a a procurar ajuda para melhorar autoconfiança.

Jennifer Aniston ainda não ultrapassou o facto de Brad Pitt se ter separado de si para ficar com Angelina Jolie. Perante a forte possibilidade de os encontrar no casamento de George Clooney, em setembro, a atriz decidiu começar a fazer terapia para lidar com os nervos e melhorar a autoconfiança.

"A Jen lida bem com a terapia e decidiu procurar ajuda. No casamento, ela vai ter o Justin [Theroux, o seu noivo] ao seu lado, mas a ideia de ver o Brad e a Angelina é esmagadora. O terapeuta tem ajudado a construir a autoconfiança dela e a eliminar o medo que ela parece ter criado de se cruzar com eles", revelou uma fonte à imprensa inglesa. "Ela também tem estado a fazer hipnoterapia", contou ainda.

A troca de alianças entre George Clooney e a advogada britânica Amal Alamuddin, prevista para setembro, em Veneza, será o primeiro evento a juntar o triângulo amoroso no mesmo espaço desde a cerimónia dos Óscares de 2009. "Os Óscares são uma coisa, mas o casamento do George vai envolver estar num grupo muito mais pequeno e intimista e eles não vão poder evitar-se. A Jen quer ser o mais descontraída possível. Ela tem encenado situações com o seu terapeuta e vai estar preparada", acrescentou a mesma fonte.

O conflito começou em 2005 quando, durante as gravações da comédia romântica Mr. & Mrs. Smith, protagonizada por Brad Pitt e Angelina Jolie, começaram a surgir rumores de envolvimento entre eles.

Jennifer Aniston, 45 anos, está noiva do ator Justin Theroux, 42, desde 2012. A cerimónia deverá realizar-se ainda este ano, no Havai.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG