Pai de Miley Cyrus defende atuação da filha nos VMA's

A provocante dança que Miley Cyrus protagonizou com o cantor Robin Thicke na gala dos prémios MTV resultou em duras críticas à jovem cantora. Billy Ray Cyrus já veio defender a inocência da filha.

Questionado sobre a polémica atuação de Miley, numa entrevista ao programa norte-americano 'Entertainment Tonight', Billy Ray respondeu: "Vou estar sempre aqui para a Miley. (...) Ela continua a ser a minha menina pequenina e eu continuo a ser o pai dela independentemente de como este circo a que chamamos 'mundo do espectáculo' funciona. Amo-a incondicionalmente e isso nunca vai mudar", garantiu.

No Twitter, o pai da artista também já tinha desvalorizado a gravidade da situação: "A agradecer a Deus por tantas bençãos esta noite. Continuem a rezar pela paz mundial. Mais amor... menos ódio", escreveu, na noite da cerimónia.

Até ao momento, Miley ainda não se pronunciou sobre o sucedido.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG