Marido de Nigella diz que agressão foi "pequeno arrufo"

Charles Saatchi já comentou as imagens de alegadas agressões à mulher, Nigella Lawson. O multimilionário britânico disse que agarrou o pescoço da apresentadora de programas de culinária para "enfatizar" o seu ponto de vista.

"Foi apenas um pequeno arrufo. Estavamos a ter uma intensa discussão sobre os nossos filhos e agarrei-lhe no pescoço para enfatizar o meu ponto de vista". Charles Saatchi quebrou o silêncio e, em declarações ao britânico The Evening Standard, comentou as imagens que estão a chocar o mundo.

Na sequência, que foi divulgada no domingo pelo tablóide The Mirror, Nigella Lawson e Charles Saatchi, que estão casados há 10 anos, surgem a almoçar numa esplanada, num dos restaurantes mais exclusivos de Londres. A determinada altura, o colecionador de arte agarra repetidamente o pescoço da apresentadora e chef, que fica com ar angustiado e em lágrimas.

Na sequência do episódio, que aconteceu a 9 de junho mas só foi divulgado ontem, dia 16, Nigella Lawson foi fotografada a abandonar a residência do casal, acompanhada dos filhos, Bruno e Cosima, fruto do seu primeiro casamento.

"As imagens são horríveis e dão a entender que aconteceu algo mais grave do que o que efetivamente se passou. Nigella estava a chorar não porque estava magoada, mas sim porque ambos odiamos discutir", afirmou ainda Saatchi.

Na sequência da divulgação das imagens, fonte oficial da polícia britânica Scotland Yard confirmou que já foi aberto um inquérito para averiguar as circunstâncias em que decorreu o episódio.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG