Judite Sousa "triste" com "devassa da vida" do filho

Jornalista pediu à comunicação social para não desonrar a memória de André Sousa Bessa e frisou que o jovem "não era um boémio"

Judite Sousa confessou estar "triste" com o título de capa de uma revista semanal publicada este domingo, alusiva à suposta "vida boémia" de André Sousa Bessa, que morreu há duas semanas, aos 29 anos, na sequência de um acidente numa piscina.

"Sofro com a devassa da vida de um jovem que não era nem queria ser figura pública. Um jovem que de público tinha apenas o fato de ser filho da Judite Sousa. Peço a todos os meus colegas de profissão que realizem o seu trabalho, mas não tratem a morte do meu filho desonrando a sua memória. [...] Apelo a que honrem o passado do meu filho. [...] Era curioso, aventureiro e muito preparado. Era um trabalhador incansável e estava entusiasmado com a perspetiva de ir trabalhar 12 ou mais horas por dia. Como qualquer jovem gostava de festas, de estar com os amigos, de se divertir, dos excessos próprios de um jovem da sua idade. Desfrutava da vida, mas não era um boémio", publicou a jornalista da TVI no Facebook.

Judite Sousa aproveitou para agradecer, mais uma vez, "os muitos telegramas, cartas e mensagens de carinho que me têm chegado pelas redes sociais. Eternamente grata", lê-se na mensagem.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG