Harry afiança que lê tudo o que se publica sobre ele

O príncipe vinca que faz questão de ver tudo o que é publicado sobre si, contrariando um conselho do pai. "Se há uma história e algo escrito sobre mim, quero saber o que se diz", adianta.

O capitão Wales, como é conhecido em missão, disse que o facto de ser membro da família real torna ainda mais difícil a sua missão como militar. "O meu pai lembra-me sempre de quem sou quando estou no exército. Toda a gente veste o mesmo uniforme e faz as mesmas coisas. Algumas pessoas dizem-me 'Lembra-te quem és, não baixes a guarda'", disse o prícnipe em entrevista à agência noticiosa britânica Press Association (PA).

Preocupado com a sua imagem pública, Harry tenta ler tudo o que se publica sobre ele, mesmo com o pai a dizer-lhe para não o fazer. "Se há uma história e algo escrito sobre mim, quero saber o que se diz", afirmou, referindo que se importa com o que os britânicos pensam dele: "Claro, mas são duas coisas diferentes: o que as pessoas pensam e o que pensa a imprensa".

Quanto a ir ser tio pela primeira vez, Harry de Inglaterra respondeu: "Já não era sem tempo, estou muito feliz". "Falei com eles e estavam muito bem e muito felizes. Foi muito injusto porque tiveram de torná-lo púbico por causa do internamento, mas é assim que funcionam as coisas. E espero que ambos, especialmente a Kate (Midleton) como futura mãe, tenham a proteção suficiente para desfrutar da privacidade deste momento", afirmou.

Sobre a sua relação com o irmão, o príncipe William, Harry afirma que o irmão gostava de estar no seu lugar. "Ele ficaria encantado de estar cá fora. E para ser sincero não vejo por que não o pode fazer. O seu trabalho é muito porreiro, e creio que está a fazer um trabalho maravilhoso, mesmo na RAF", brinca o príncipe Harry.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG