Gascoigne diz que Ferguson salvou-lhe a vida

O ex-futebolista inglês já regressou ao Reino Unido depois de um mês internado numa clínica de reabilitação. Gazza garantiu que a mensagem que recebeu do treinador do Man. United foi decisiva para a sua recuperação.

Paul Gascoigne, deu entrada há cerca de um mês nos cuidados intensivos de uma clínica norte-americana pouco depois de se internar para uma cura de desintoxicação. No entanto, o ex-atleta terá reagido mal à privação forçada do álcool e os seus órgãos começaram a falhar.

Gazza, como é conhecido, teve o seu tratamento pago por amigos e contou ontem, em entrevista ao jornal The Sun, o que passaou durante o internamento.

"Os médicos chegaram a amarrar-me à cama e eu ouvi-os a concordar que o álcool ia matar-me. Eu estava morto,nem eles acreditavam que eu iria resistir".

Durante a sua estada na clínica de reabilitação, Gascoigne passou por vários tratamentos intensivos, de entre eles, assistiu a um DVD com palavras de força e coragem dos amigos e família, que garantiu serem um inspiração para ajudá-lo a deixar o vício, destacando a mensagem de Sir Alex Ferguson. "Ele transmitiu-me que toda a gente no Manchester United estava do meu lado", disse.

"Isto vai inspirar-me para que eu não deixe voltar a acontecer. Não quero morrer", declarou o ex-futebolista de 45 anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG