Galliano tem trabalho três anos após escândalo racista

Estilista demitido pela Casa Dior em 2011 é o novo consultor da maior cadeia de perfumarias da Rússia.

Três anos depois de ter sido demitido pela Casa Dior, John Galliano conseguiu arranjar o seu primeiro trabalho estável desde o escândalo de racismo que lhe tirou o lugar no gigante da moda francês.

O estilista é agora consultor da cadeia de perfumarias russa L'Etoile, como consultor, posto que ocupa nos últimos dois meses. Foi a própria marca a dar a notícia no seu site, com o título: "John está de volta!".

Em 2011, Galliano ficou sem emprego depois da divulgação de um vídeo na Internet onde dizia adorar Hitler e de ter insultado e ameaçado um casal judeu numa esplanada em Paris, o que o levou a pedir desculpas publicamente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG