Chris Brown acusado de atacar mulher numa discoteca

O incidente ocorreu no "Heat Ultra Lounge", na Califórnia, no qual Brown atuou no sábado à noite. A mulher, de 24 anos, diz ter sido atacada pelo cantor e pode precisar de uma intervenção cirúrgica.

A vítima, Deanna Gines, apresentou uma queixa formal à polícia na qual relatou que Chris a empurrou violentamente para o chão, provocando-lhe uma rutura de ligamentos no joelho direito. Acrescentou ainda que estes graves ferimentos necessitam de cirurgia para serem resolvidos.

O cantor escreveu na sua página do Twitter que não fez nada e já vieram algumas pessoas em sua defesa afirmando que a mulher estava bêbeda e que inventou o rumor. Disse o dono da discoteca que a queixosa "estava a tentar saltar para o palco e os seguranças fizeram o seu trabalho ao afastar as pessoas do Chris. (...) Não houve qualquer hipótese de ele lhe ter tocado".

"Se não fosse pela minha fé e pelos meus fãs, já teria desistido da música há muito tempo, estou farto disto!", revelou Brown relativamente à onda de acusações que têm caído sobre ele.

Relembre-se que o músico ainda está em liberdade condicional por ter agredido a sua ex-namorada, Rihanna, em 2009.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG