"Aquele louco queria enterrar a cara na minha virilha"

O ator comentou a agressão de que foi vítima no passado dia 29 e deixou um aviso a Vitalii Sediuk, o agressor. "Se continuar a fazer isto, vai fazer com que as pessoas tenham receio de se aproximar de multidões".

Quase uma semana após ter sido agredido pelo jornalista ucraniano Vitalii Sediuk na antestreia do filme Maléfica, em Los Angeles, Brad Pitt comentou o incidente.

"Estava no final da fila a dar autógrafos quando vi, pelo canto do olho, que alguém estava a saltar as grades e vinha na minha direção", começou por explicar em conversa com a revista People, acrescentando: "Dei um passo para trás, e ele agarrou na minha lapela. Olhei para baixo e aquele louco queria enterrar a cara na minha virilha. Então bati duas vezes na parte de trás da cabeça dele, não com muita força, o suficiente para ele perceber, porque ficou quieto". Segundo explicou o ator, os seus seguranças surgiram de imediato, mas não evitaram que os seus óculos fossem parar às mãos de Sedkiuk.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG