"Nas férias exagero muito na base do 'se eu pudesse...'"

O músico, de 57 anos, foi um dos fundadores dos Trovante (era o vocalista e tocava guitarra), em 1976, uma das mais icónicas bandas portuguesas, que viria a separar-se em 1992, juntando-se posteriormente para alguns concertos ao vivo, como aconteceu em 1999 a convite do então Presidente da República, Jorge Sampaio. Luís Represas iniciou então uma carreira a solo da qual já resultaram trabalhos como Código Verde, Reserva Especial ou Fora de Mão.

O que é que te irrita nos inquéritos de verão e saltamos já essa parte?

Serem feitos sempre no verão.

O que é que nunca te perguntaram num inquérito de verão e começamos por aí?

O que é que me irrita num inquérito de inverno.

No livro de Italo Calvino, o Sr. Palomar olhava um seio nu na praia com imparcial objetividade. E tu, de zero a dez, qual é o teu descaramento?

Olhar para dois seios nus com objetiva parcialidade.

Passa uma mulher bonita na praia, olhas descaradamente ou vais buscar os óculos de sol para poderes ver sem virar o pescoço?

Espera... desde quando é que os óculos de sol te disponibilizam visão panorâmica?

Que canção escreverias nestas férias?

Uma canção de embalar para dormirmos todos um soninho descansado e sermos acordados com beijos e mimos de um País a sério.

"E é amar-te assim perdidamente." Assim como?

Isso tens de perguntar àquele poeta que era muito alto e andava enrolado segundo parece com uma alentejana que até, dizem, escreveu uns versos dedicados a ele.. .eu cá disso, compadre Nilton, "nã" percebo nada.

Com tantas más notícias sobre aviões, quero saber: ficas cá ou és corajoso?

Neste avião solitário / onde a vaidade se apaga / todo o cobarde faz força... e por aí fora.

Um paparazzo fotografa-te nu numa praia. Preferes aparecer na capa de frente ou de costas?

De frente na capa e de costas na contracapa. Ou vice-versa. Assim é que tem lógica.

Vais a uma praia mas está cheia de concorrentes da Casa dos Segredos. Mudas de praia ou ficas para ver se estão domesticados?

Acordava, ia beber um copo de água e tomar um Lexotan e voltava para a cama.

De zero a dez quanto é que encolhes a barriga na praia?

Eu não encolho a barriga. A barriga é que me encolhe a mim. Vou perguntar-lhe e já venho.

Bola-de-berlim com creme e que se lixe a ASAE ou com creme e que se lixe a linha?

Pois eu é mais batatas fritas.

Dizes ao teu filho: tira o cabelo dos olhos e ele responde: tira tu, pai. O que é que lhe dizes a seguir?

Onde é que tu estás que não te vejo...

A família do chapéu ao lado do teu não se cala com as histórias da novela da noite. Ficas a ouvir ou mudas de país?

O Lexotan devia estar estragado ou então parou-se-me a digestão. Acordo outra vez e tomo outro a ver se não tenho mais pesadelos.

Costumas levar revistas cor-de-rosa para a praia ou escolhes outra cor?

Há momentos na praia tipo sala de espera do consultório. Há sempre quem tenha as revistas todas que além de serem úteis para esses momentos de repouso, os neurónios estão sempre atualizados... ao contrário dos consultórios.

Vamos a contas, de zero a BES quanto costumas exagerar nos gastos das férias?

Para já, é preciso ter férias. E exagerar implica ter para exagerar. Exagero muito na base do "se eu tivesse" ou "se eu pudesse" e isso já é um exagero do caraças.

Nas férias preferias confiar as tuas poupanças a um bancário ou a um banqueiro?

Disseste poupanças?

O teu dinheiro está melhor off-shore ou on-shore?

On colégios dos filhos, on supermercado, on seguros, on gasóleo, on saúde, on por aí fora.

És barrado à porta da discoteca. Chamas o gerente ou solta o clássico: você sabe quem eu sou?

Solto um mais clássico ainda: obrigado e até à próxima.

És dos que querem estacionar o carro dentro da praia ou aceitas bem o facto de ter chegado tarde e ter de estacionar lá atrás como os outros?

Ter chegado tarde por estar a responder a este inquérito pelo que teria mesmo de o deixar lá atrás. Mas vou a pé que é mais simpático e sai mais barato. Mas gosto dessa do chegar tarde à praia como se houvesse um horário a cumprir!

Há quanto tempo não te fazem uma pergunta sobre o regresso dos Trovante?

A contar com esta?

O teu último álbum chama-se Cores. Se tivesses de cantar no metro, escolhias a linha amarela e azul ou a linha laranja?

Parece que só deixam a malta cantar uma hora de cada vez em cada sítio e por isso dava para dar a volta às "cores" todas, várias vezes.

Já apoiaste várias candidaturas em eleições de vários tipos. De zero a dez quantas vezes te arrependeste?

Zeeeeero.

Um filho teu diz: pai, quero ser cantor! O que lhe respondes?

Trata mas é de ser humorista ou DJ ou até quem sabe as duas coisas. Ou então tira um curso porque ser caixa de supermercado dá para conhecer muita gente e ainda conheces alguém que te acha graça e te descobre como humorista ou DJ ou até quem sabe as duas coisas. Ou então vai para padre porque nas missas dá para conhecer muita gente.

Mais Notícias