M.I.A acusa a Oprah de a ter insultado e acusado de ser "louca" e "terrorista"

O relato refere-se a uma festa da revista Time em que, segundo a rapper M.I.A, Oprah Winfrey a insultou e recusou-se a dialogar.

A rapper britânica M.I.A, nome artístico de Maya Arulpragasam, acusou a Oprah Winfrey de a ter chamado "louca" e "terrorista". Numa entrevista à Rolling Stone, M.I.A relata o seu encontro com a apresentadora norte-americana numa festa da revista Time, em 2009. A cantora britânica acusou Oprah de a ter insultado.

"Hey, as pessoas vão morrer no meu país. Por favor, presta atenção." Disse a cantora à Oprah, ao que esta respondeu - "Foste rude para a Lady Gaga e eu não vou falar contigo. Vou entrevistar o Tom Cruise a pular no meu sofá, vai-te embora."

Maya Arulpragasam diz que tirou uma foto com a Oprah que ainda assim a afastou dizendo "Não posso falar contigo porque és louca e és uma terrorista." Ao que M.I.A respondeu "Não sou. Sou uma Tamil e existem pessoas a morrer no meu país e tens de ver isso porque és a Oprah e todos os americanos me disseram que vais salvar o mundo."

"Toda a gente nos media estava a chamar-me terrorista. Foi horrível porque até os meus amigos e as pessoas no mundo da música me renegaram. A pressão ficou muito intensa. Os media viraram-se contra mim, o meu ex-namorado virou-se contra mim. Foi uma altura muito difícil para mim", referiu M.I.A.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG