Megan Fox insegura por ser sex symbol

A actriz declarou em entrevista ao "The Daily Star Sunday" que se sente ferida sempre que é chamada de sex symbol.

Muitas mulheres gostariam de ser consideradas um símbolo sexual. Mas este não é o caso de Megan Fox. Em entrevista ao “ The Daily Star Sunday” a actriz revelou que se sente ferida sempre que é chamada de sex symbol.“Quando olham para nós e nos dizem que somos atraentes, acabam por alimentar as nossas inseguranças e isso torna-se uma pressão quase insuportável”, disse a protagonista de “Transformers”. Segundo Megan, o facto de ter sido criada na religião Pentecostal – um ramo mais radical da Igreja Protestante – tê-la-á deixado mais insegura em relação à beleza e à sexualidade, "Fui criada no Pentecostalismo, uma religião severa. Tudo é mau, errado. Fui ensinada que o sexo era mau e uma coisa nociva”, explicou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG