Kate Middleton dá a entender que vai ter uma menina

A princesa de Cambridge teve um lapso durante um ato oficial. Quando lhe estenderam um peluche, Kate respondeu: "Obrigada, será para a minha f...". E deixou a frase a meio.

Lapso ou não, é o mais perto que os britânicos estiveram da resposta. Analisam-se agora todas as declarações e os mais pequenos gestos da duquesa de Cambridge, grávida de cinco meses, durante a visita a Grimsby (este da Inglaterra), na terça-feira.

Uma testemunha, Sandra Cook, de 67 anos, contou aos jornalistas presentes no local que interpelou a duquesa de Cambridge. "Perguntei-lhe: Queria dizer a sua filha, não é". E ela disse 'não, não sabemos de nada'. Respondi-lhe: penso que sabe e a Kate respondeu-me: 'não vamos dizer nada'".

Ansiosos por dar a novidade, os jornais ingleses trouxeram a informação para as suas manchetes de hoje como compila a AFP:

- "É menina? Kate deixou escapar o segredo do bebé real", Daily Express.

- "É menina", Daily Mirror.

- "Kate deixou escapar o segredo?", Times.

O jornal "Times" que lança a dúvida sobre a espontaneidade do deslize de Kate Middleton notando que a duquesa é uma pessoa muito reservada e que só fala do estritamente necessário sobre a sua vida pessoal.

O Palácio de Buckingham confirmou a meados de janeiro que o bebé real -- herdeiro da coroa britânica e terceiro na linha de sucessão ao trono -- nascerá em julho. Rapaz ou rapariga? Não foi dito.

O príncipe William confirmou a gravidez de Kate o dia 3 de dezembro. Era a notícia mais esperada pelos súbditos de sua majestade depois do casamento em abril de 2011.

Para lá da curiosidade, o género do bebé não é relevante. A lei da sucessão foi mudada em outubro de 2011 permitindo que uma mulher suba ao trono mesmo que tenha um irmão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG