Hugh Hefner poderá ser enterrado ao lado de Marylin Monroe, a primeira coelhinha

Marilyn Monroe foi a primeira a aparecer na capa da Playboy

O fundador da revista Playboy, Hugh Hefner, poderá ser enterrado ao lado da atriz norte-americana Marilyn Monroe. Isto porque o milionário comprou, em 1992, a sepultura que está ao lado da campa da diva do cinema por 75 mil dólares, cerca de 64 mil euros.

Marilyn Monroe foi a primeira coelhinha da Playboy. Ela apareceu na capa da primeira edição da revista masculina lançada em 1953. No interior da revista, estava uma fotografia de Marilyn Monroe nua, que foi tirada em 1949, quando a atriz tinha 22 anos.

Segundo a revista Time, na altura Marilyn Monroe estava falida e aceitou posar nua para um calendário por 50 dólares. Anos depois, Hefner pagou cerca de 200 dólares pelas fotografias e colocou-as na primeira edição da Playboy, que vendeu 50 mil cópias.

Monroe morreu em agosto de 1962 em casa devido a uma overdose de drogas, aos 36 anos, e foi enterrada no Cemitério Westwood Village Memorial Park, em Los Angeles. Três décadas depois, em 1992, Hefner comprou a campa ao lado.

"O Jay Leno sugeriu, se ia gastar tanto dinheiro, deveria estar [na campa] em cima dela, mas para mim há algo poético no facto de sermos enterrados no mesmo lugar", disse Hugh Hefner numa entrevista para a Playboy no ano 2000, segundo o New York Daily News.

"E aquele cemitério também tem outro significado para mim. Amigos meus como Buddy Rich e Mel Torme estão lá enterrados" continuou o empresário. "E também Dorothy Stratten", acrescentou, referindo-se a uma das mais famosas Playmates da revista.

Neste cemitério estão ainda outras estrelas do entretenimento norte-americano como Dean Martin, Roy Orbison e Truman Capote. Ainda não foi confirmado oficialmente pela família de Hefner se o empresário será enterrado neste local.

Hugh Hefner morreu aos 91 anos, devido a causas naturais. O fundador do império Playboy morreu na sua mansão, em Los Angeles.

A Playbou prestou uma homenagem ao criador no Twitter publicando uma fotografia do fundador de roupão com a frase "a vida é demasiado curta para viver os sonhos de outras pessoas".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG