Homem que esfaqueou segurança de Miranda Kerr enfrenta prisão perpétua

O homem que há duas semanas invadiu a casa de Miranda Kerr, e esfaqueou o segurança da modelo no olho, foi acusado de tentativa de homicídio

Anthony Haywood, de 29 anos, é o homem que, no dia 14 de outubro, saltou a vedação da casa de Miranda Kerr em Malibu, EUA, e esfaqueou o segurança da modelo australiana no olho. Haywood, que acabou também por ser hospitalizado, depois de esse mesmo guarda-costas o ter atingido com quatro tiros, é agora acusado de tentativa deliberada e premeditada de homicídio, agravada pelo uso de uma arma branca.

Caso seja condenado, o atacante enfrenta uma pena de prisão perpétua. A procuradora distrital Elizabeth Dickinson, responsável pelo caso, avançou ainda à imprensa que será exigida uma indemnização num valor superior a 917 mil euros.

De recordar que Miranda Kerr não estava em casa no momento do incidente. Na sequência do mesmo, tanto o seu guarda-costas como o intruso foram levados para o hospital de Los Angeles - este último deu entrada em estado crítico.

Essa é a casa que a modelo de 33 anos comprou em 2012, na sequência do seu divórcio de Orlando Bloom. É aí que, atualmente, vive com o seu filho de cinco anos, Flynn. Kerr está noiva do CEO da rede social Snapchat, Evan Spiegel.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG