George Clooney sobre a paternidade: "Vai ser uma aventura"

O ator norte-americano mostrou-se "muito feliz e entusiasmado" perante a estreia na paternidade. Clooney não escondeu a preocupação com a idade e revelou que se trata de "uma grande aventura"

George Clooney abordou pela primeira vez o assunto da paternidade, depois de se ter tornado público que o ator de 55 anos e a mulher, Amal, esperam gémeos. "Vai ser uma aventura", assegurou Clooney, numa entrevista no programa "'Rencontres de Cinema", a propósito da presença de Clooney nos Prémios César, os "Óscares" do cinema francês.

"Estamos muito felizes e entusiasmados", acrescentou o ator norte-americano. Sobre o facto de já ter 56 anos na data prevista para o nascimento do filhos, Clooney evocou o ator francês Jean-Paul Belmondo, que teve um filho aos 70. "Sinto-me um pouco melhor por ter [apenas] 56 anos quando nascerem", brincou o ator. Clooney revelou ainda que o casal está de "braços bem abertos" para o que aí vem, numa atitude de "aproveitar tudo" o quanto for possível.

A notícia de que George Clooney e Amal Alamuddin vão ser pais pela primeira vez veio a público no início do mês de fevereiro, com Matt Damon - amigo do casal - a confirmar, pouco tempo depois, a veracidade da gravidez de Amal, que tem 39 anos e é advogada especializada em direitos humanos.

Assolada pela guerra no Líbano em 1982, a família da advogada, cuja mãe era repórter, mudou-se para Inglaterra, onde Amal pôde formar-se em Direito. Depois dos estudos concluídos na Universidade de Oxford, fez mestrado em Nova Iorque, tendo-se especializado em direitos humanos, direito internacional e penal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG