Filho do guitarrista dos Pink Floyd preso

Charlie Gilmour, filho do guitarrista dos Pink Floyd, foi condenado hoje a 16 meses de prisão por participar em atos violentos, designadamente contra a comitiva do príncipe Carlos, durante uma manifestação em dezembro em Londres.

O filho de David Gilmour, tinha-se confessado culpado numa anterior audiência do tribunal em Maio. Gilmour foi fotografado a tentar trepar para o principal monumento aos mortos no Reino Unido, perto do Parlamento, e a agarrar-se à bandeira. O filho do guitarrista também foi acusado de ter lançado um caixote do lixo para um dos veículos da comitiva, onde seguia o príncipe Carlos e a mulher Camilla, que iam ao teatro. Charlie Gilmour também foi visto a saltar para o capot de um veículo que transportava membros do serviço de segurança do príncipe.

Com 21 anos, o jovem, estudante de História em Cambridge, foi detido depois da manifestação contra o aumento das propinas universitárias a 9 de Dezembro em Londres, marcada por incidentes. O episódio da agressão à comitiva real foi notícia de primeira página dos jornais britânicos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG