Filho de peixe sabe mesmo nadar. Pelo menos é assim em Hollywood

Entre as novas promessas do cinema norte-americano encontram-se filhos e netos de atores com provas dadas.

"O meu pai nunca se preocupou com a profissão que eu viria a ter. Disse-me sempre que o que quer que eu escolhesse, para me preocupar apenas em fazê-lo bem e para ser humilde em relação a isso." Ainda assim, e mesmo depois de Clint Eastwood não ter incentivado o filho a seguir os seus passos no cinema, Scott Eastwood traçou o seu destino: seria ator, tal como a lenda de Hollywood. O caso deste pai e filho repete-se pela indústria mais famosa do mundo, recheada de uma nova geração atrás de um sonho que, em tempos, já foi dos seus progenitores. Lá diz o ditado que quem sai aos seus não degenera...

Scott Eastwood acabaria por se tornar manequim e ator. Estreou-se em 2006, tinha então 20 anos, no filme realizado por Clint As Bandeiras dos Nossos Pais, e nunca mais parou. Atualmente, pode ser visto nas salas de cinema em Fúria, ao lado de Brad Pitt, e ainda este ano integrará os elencos dos títulos cinematográficos Walk of Fame e Diablo. Já em 2015, protagonizará Uma Vida ao Teu Lado.

Também Max Irons se deixou contagiar pelo bichinho da representação que desde sempre habitou a sua casa. Filho de Jeremy Irons e Sinéad Cusack, o jovem talento de 29 anos explicou que quando disse aos pais que queria ser ator, estes lhe disseram para "não ter quaisquer ilusões", já que uma carreira na área "dependia muito da sorte". "Quando temos pais que fazem o que nós queremos fazer, eles não ficam admirados connosco porque já passaram por isso", apontou Max.

A estes dois casos juntam-se tantos outros, dos mais aos menos conhecidos. Mamie Gummer e Grace Gummer (ambas filhas de Meryl Streep), Ireland Baldwin (Alec Baldwin e Kim Basinger), Emma Ferrer (filha de Sean Hepburn Ferrer e neta de Audrey Hepburn), Margaret Qualley (filha de Andie McDowell), Jack Kilmer (filho de Val Kilmer), Riley Keough (filha de Lisa Marie Presley e neta de Elvis Presley), Patrick Schwarzenegger (filho de Arnold Schwarzenegger) e Emma Roberts (filha de Eric Roberts e sobrinha de Julia Roberts) são apenas alguns exemplos de atores que tomaram para si a profissão dos pais. Quererá isto dizer que o talento é hereditário?

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG