Dolce e Gabbana sentam-se amanhã no banco dos réus

Os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefanio Gabbana vão sentar-se amanhã (segunda-feira) no banco dos réus. A dupla é acusada de ter fugido com mil milhões de euros ao fisco.

Segundo o jornal online do El Mundo, os dois designers, que desde 1985 decidiram unir os seus génios criativos, têm alcançado um enorme sucesso no mercado demoda de alta costura, e são agora acusados de terem fugido ao pagamento de impostos em quantias avultadas.

Entre 2004 e 2005, os costureiros terão "roubado" aos cofres públicos italianos 420 mil milhões de euros cada um. A este montante juntam-se 200 milhões de euros que terão desviado do Tesouro italiano através de uma empresa com sede no Luxemburgo. Contas feitas, a dupla terá evitado um pagamemto ao fisco no valor de mais de mil milhões de euros.

Na segunda-feira está privisto começar em Milão o julgamento dos dois estilistas que há algum tempo têm vindo a ser o centro das atenções da justiça italiana.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG