Como a Espanha se uniu contra Jamie Oliver por causa de chouriço

O 'chef' britânico quis reinventar a receita de 'paella' mas os espanhóis não gostaram e responderam-lhe nas redes sociais

O célebre chef britânico Jamie Oliver decidiu inovar e recriar a tradicional paella espanhola, prato
à base de arroz com carne, peixe, marisco e vegetais, mas combinando coxas de frango com chouriço. Partilhou a receita no Twitter na terça-feira e os espanhóis pareciam não acreditar no "insulto".

As reações foram das mais suaves às mais agressivas: houve quem sugerisse ao chef que cortasse os dedos para fazer nuggets de frango e outros ordenaram-lhe que retirasse o chouriço da receita, já que a Espanha "não negoceia com terroristas". Os mais comedidos sugeriram apenas que o tradicional fish and chips britânico - prato de peixe e batatas fritas - fosse reinterpretado e passasse a usar beringela ou pato.

Os mais originais decidiram colocar a imagem da receita de Oliver ao lado de um prato tradicional de paella, comparando depois as fotografias com a célebre restauração do fresco exposto numa igreja de Borja, da autoria de uma octogenária espanhola.

Até ao momento, o chef britânico optou por não responder aos seguidores, mas não é a primeira vez que Jamie Oliver levanta tensões internacionais devido às suas interpretações gastronómicas: há cerca de dois anos, recorda o The Guardian, quis reinventar um prato de arroz africano e levou respostas acesas nas redes sociais, nomeadamente que as receitas de África "não seriam colonizadas".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG