César Peixoto obrigado a pagar a Isabel Figueira

O jogador foi condenado a pagar uma quantia à ex-mulher pelo incumprimento da pensão de alimentos em 2008 e 2009 e vai passar a dar-lhe um valor superior ao que vinha sendo pago.

A apresentadora da RTP e o futebolista do Benfica celebraram no domingo um novo acordo de regulação do poder paternal. Rodrigo, de quatro anos, continua a viver com a mãe e apenas o poder paternal é exercido por ambos.

Depois da polémica que começou com o internamento de Isabel Figueira no hospital devido a cansaço e excesso de medicamentos - e culminou na reacção pronta do ex-marido César Peixoto, que de imediato foi buscar o filho de ambos ao colégio e terá estado uma semana sem dar notícias - o ex-casal chegou finalmente a acordo quanto ao regime de regulação do poder paternal de Rodrigo, de quatro anos. E não só.

No domingo, ao início da tarde, a apresentadora da RTP e o futebolista do Benfica encontraram-se no escritório das representantes da cara do programa Top +, na Av. da República, em Lisboa, e assinaram novo documento.

Segundo um comunicado assinado pelas advogadas de Isabel Figueira, Margarida Almeida Santos e Rita Morgado, o referido acordo já foi "entregue no Tribunal de Cascais" e teve em vista a entrega do menor à mãe" e "a alteração do regime de visitas", visando ainda "o pagamento por parte de César Peixoto do valor parcial a que foi condenado, na sequência de incumprimento de pensão de alimentos no decurso do ano de 2008 e 2009".

De acordo com o mesmo comunicado, na segunda-feira, dia 14, "foram proferidas duas decisões no Tribunal de Cascais em que o pai [César Peixoto] foi condenado a pagar uma quantia a Isabel decorrente do incumprimento por si apresentado, bem como (...) uma pensão de alimentos superior àquela que vinha sendo paga".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG