Banderas não quis ser um "menino" de Madonna

O espanhol garante que recusou acompanhar a cantora no início da década de 90, apesar de ela dizer publicamente que estava louca por ele. "Tive medo dela", diz o actor.

Em 1991, a cantora fez um filme polémico, "Na Cama Com Madonna" no qual garante estar "louca" por um jovem e desconhecido actor chamado Antonio Banderas, que havia conhecido numa festa promovida por Pedro Almodovar, em Madrid.

Festa essa que o actor recorda com algum carinho, revelando que pouco falou com Madonna, pois "nessa altura eu nem sequer sabia falar inglês"

Passados vinte anos, ficamos a saber que o espanhol recusou ser um "chico" de Madonna. "Para o bem e para o mal eu queria ter a minha própria carreira. Ela era uma mulher muito poderosa na altura e eu tive medo", confessou Banderas à revista Harper's Bazaar.

Apesar desta revelação, o certo é que em 1996 Madonna incluiu o espanhol no elenco do filme Evita, no qual é a protagonista.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG