ADN prova que Julio Iglesias tem um filho de uma portuguesa

A alegação de paternidade tem décadas, mas só agora a ciência dá razão ao filho do cantor e de uma bailarina portuguesa

O resultado do teste de ADN não deixa margem para dúvidas: há 99,9% (o máximo possível) de hipóteses de Javier Sánchez ser filho do cantor espanhol Julio Iglesias, avança a imprensa espanhola. A alegação de paternidade tem décadas, mas só agora a ciência dá razão ao filho do cantor e da bailarina portuguesa Maria Edite Santos.

Javier Sánchez (ou Santos, consoante se aplica o apelido do padrasto ou o da mãe), agora com 41 anos, tenta há mais de 30 anos que a justiça e Julio Iglesias o reconheçam como filho do cantor. Mas só agora isso deverá acontecer, depois de ter conseguido em Miami, onde vive o cantor, um teste de ADN que comprova a paternidade e de ir avançar para o tribunal juntamente com toda a outra documentação para exigir o reconhecimento legal da paternidade.

No início dos anos 1990, Javier Sánchez tentou este reconhecimento e teve grade destaque mediático na imprensa ibérica. Numa conferência de imprensa, em 1992, a bailarina portuguesa Maria Edite Santos contou que a criança, então com 16 anos, fora concebida a 19 de julho de 1975 (quando Julio Iglesias estava casado com Maria Preysler) em Sant Feliú de Guíxols (Girona) e nasceu em abril do ano seguinte, lembra o jornal La Vanguardia.

A bailarina recorreu aos tribunais e, numa fase inicial, conseguiu que lhe dessem razão face à recusa de Julio Iglesias em realizar os testes de ADN. No entanto, conforme lembra o El Mundo, o cantor recorreu e conseguiu anular a sentença.

Nunca tendo desistido propriamente do caso, Javier Sánchez - que chegou a sonhar ser cantor e lançou, entre outros, o tema "Dame otra Oportunidad" - pô-lo em espera durante anos.

A mãe, em 2008, lançou um livro intitulado "Um hijo con Julio Iglesias", mas não teve propriamente sucesso, uma vez que a história já era conhecida e, ainda por cima, não estava confirmada pela justiça.

Agora, finalmente, Javier consegue a prova que faltava, sustentado pelo artigo 39 da Constituição espanhola, que garante a investigação da paternidade a todas as pessoas.

Quando for reconhecido judicialmente, será o nono filho de Julio Iglesias, pai de Enrique, Julio José e Chabeli - frutos do casamento com Maria Preysler - e de Miguel Alejandro, Rodrígo, as gémeas Victoria e Cristina e Guillermo - da relação que ainda mantém com Miranda Rijnsburger.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG