Veja quantos casos de covid-19 há em cada concelho

A lista com o número de casos por concelho foi divulgada esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde. Em Portugal, há 21 982 casos confirmados de covid-19.

Lisboa continua a ser o concelho português com maior número de infetados, segundo os dados do boletim epidemiológico desta quarta-feira, dia 22 de abril, da Direção-Geral da Saúde (DGS). A capital tem agora 1169 casos de coronavírus, mais 24 do que no dia anterior.

Já o concelho do Porto tem 1102 casos, mais 31 do que na véspera.

Além de Lisboa e Porto, também Vila Nova de Gaia tem mais de mil casos confirmados de covid-19, o concelho mantém-se nos 1066, registados na terça-feira, de acordo com o boletim diário da DGS que tem em conta os dados da plataforma Sinave, que integra informação sobre 81% dos casos confirmados.

Em todo o país há agora registo de 21 982 infetados (mais 603 ) e 785 vítimas mortais (mais 23).

Depois dos três concelhos com mais de mil casos, seguem-se outros três com mais de 800, todos no Norte do país: Braga (903), Matosinhos (885) e Gondomar (854), todos com mais um caso registado face ao dia anterior. Maia surge com 742, Valongo, 597 (mais 1), Ovar com 516 e Sintra com 507 (mais 1) completam a lista de concelhos com mais de 500 casos.

Entre os 23 óbitos registados nas últimas 24 horas, 21 diziam respeito a pessoas com mais de 80 anos e continua a não existir nenhuma vitima com menos de 40 anos. A nível da localidade de residência mantém-se a tendência: no Norte morreram 13 pessoas no último dia (de um total de 454 mortes desde o inicio do surto), quatro óbitos ocorreram na região centro, cinco em Lisboa e Vale do Tejo e um no Alentejo - a primeira vitima mortal.

No total, há agora 454 vitimas mortais na região do Norte (que tem 13150 casos confirmados), 175 no centro (3053 infetados), 138 em Lisboa e Vale do Tejo (5093), 11 no Algarve (316), 6 nos Açores (109), um no Alentejo (176). A Madeira é a única região do país que não regista mortes, tem 85 casos.

Siga aqui todos os desenvolvimentos do surto de ​​​​​​​covid-19.

Mais Notícias