Todo o efetivo do Posto Territorial da GNR de Fronteira está em casa de quarentena

Um militar do Posto Territorial da GNR de Fronteira testou positivo à covid-19 e todo o efetivo está em casa de quarentena. Atendimentos e ocorrências assegurado por postos vizinhos

Todo o efetivo do Posto Territorial da GNR de Fronteira, no distrito de Portalegre está em casa de quarentena, depois de um militar ter testado positivo à covid-19, apurou o DN.

Já foi feita desinfeção às instalações e até à próxima segunda-feira (9 de novembro), o serviço de atendimento e ocorrências irá ser assegurado pelos postos vizinhos.

São 15 elementos do Posto de Fronteira e três do Posto de Atendimento reduzido de Cabeço de Vide.

Perante o caso confirmado da doença, resta aguardar para saber se há mais militares que vão testar positivo à covid-19.

No caso de doentes ligeiros ou assintomáticos, o período de isolamento é de 10 dias, de acordo com a Direção-geral da Saúde (DGS).

"Para os doentes com covid-19 assintomática, isto é, pessoas sem qualquer manifestação clínica de doença à data do diagnóstico laboratorial e até ao final do seguimento clínico, o fim das medidas de isolamento é determinado 10 dias após a realização do teste laboratorial que estabeleceu o diagnóstico de covid-19", aponta a norma da DGS.

A exceção são os doentes imunodeprimidos, que farão, tal como os doentes graves, 20 dias de isolamento, desde o início dos primeiros sintomas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG