Tempestade Glória chega a Portugal continental com vento forte

As rajadas podem atingir aos 110 quilómetros por hora nas terras altas.

Uma nova depressão, Glória, vai passar no domingo por Portugal continental. É esperado o aumento da intensidade do vento, com rajadas que podem atingir os 110 quilómetros por hora nas terras altas, avisou, esta sexta-feira, o IPMA.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), no sábado, dia em que o território continental será atingido por um sistema frontal associado a uma outra depressão, à qual não foi dado nome, está previsto chuva ou aguaceiros, por vezes fortes na região Centro até ao início da manhã, e vento pontualmente forte, com rajadas até 70 quilómetros/hora entre os cabos Espichel e Mondego e até 100 quilómetros/hora nas terras altas.

Em comunicado, o IPMA, que faz as previsões meteorológicas, refere ainda, para sábado, a possibilidade de queda de neve acima dos 1.600 metros, assinalando que a depressão em causa "será absorvida na circulação da depressão Glória a noroeste da Península Ibérica".

O tempo seco, associado a uma "descida generalizada" das temperaturas, voltará no domingo e estende-se durante o início da próxima semana, com vento por vezes forte na faixa costeira ocidental e rajadas até 110 quilómetros/hora nas terras altas.

Em dezembro, Portugal continental foi atingido pelas depressões Elsa e Fabien. A passagem da depressão Elsa causou três mortos e deixou mais de 100 pessoas desalojadas, além de danos em habitações, linhas de comboio, estradas e rede elétrica.

Mais Notícias