Portugal arranca às 10.00 a primeira fase da vacinação

Portugal inicia este domingo a primeira fase de vacinação contra a covid-19, mais de nove meses depois do primeiro caso registado no país, numa iniciativa que abrange ao longo dos próximos dois dias os 27 estados-membros da União Europeia.

O primeiro lote de 9.750 doses da vacina desenvolvida pela Pfizer-BioNTech -- a primeira a ser lançada no mercado, depois de ser autorizada pela Agência Europeia do Medicamento (EMA) - chegou este sábado (26 de dezembro) e vai ser complementado na segunda-feira com um segundo contingente de 70.200 doses, que se traduz num acumulado de 79.950 doses para o arranque do plano de vacinação, destinado primeiramente a profissionais de saúde.

Os profissionais dos centros hospitalares universitários do Porto, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central são os primeiros a ser vacinados.

O Centro Hospitalar e Universitário de São João, no Porto, anunciou no sábado que prevê vacinar hoje 2.000 profissionais.

A ministra da Saúde, Marta Temido, que acompanhou o processo de chegada do primeiro lote de vacinas ao país, também estará hoje presente nos hospitais do Porto e de Coimbra para acompanhar o início do processo de vacinação.

De acordo com a portaria do Governo que criou o plano nacional de vacinação contra a covid-19, publicada na quarta-feira em Diário da República, a Direção-Geral da Saúde (DGS) tem a responsabilidade de executar o plano, que prevê vacinar até abril cerca de 950 mil pessoas dos grupos prioritários definidos pela task-force: pessoas com mais de 50 anos com doenças associadas, utentes e trabalhadores de lares e profissionais de saúde e de serviços essenciais.

A primeira fase de vacinação, entre o dia de hoje e o final de março de 2021, tem prevista a chegada de 1,2 milhões de doses de uma vacina que é facultativa, gratuita e universal, sendo assegurada pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Simultaneamente, a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) criou no seu portal na Internet uma área com informações atualizadas sobre as vacinas contra a covid-19. Além de um espaço com "perguntas frequentes", o Infarmed disponibiliza neste espaço informação sobre a vacina e o seu processo de aprovação, o resumo das características do medicamento e uma listagem com ligações úteis a várias entidades nacionais e internacionais.

O Governo também lançou no sábado uma nova página exclusivamente dedicada ao processo de vacinação contra a covid-19.

As informações estão disponíveis no site da DGS e Estamos On (portal do Governo com as diferentes medidas de resposta à pandemia).

Em Portugal, morreram 6.556 pessoas dos 392.996 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG